A malícia amorosa em “Os Enamoramentos”, de Javier Marías

Há quem fale de amor, sem se aperceber que nem sabe o que isso é, e há quem chegue a planear um assassinato, mas, mais tarde, nunca assuma, nem para si próprio, que fez planos para tal. Depois, há quem pense que sabe escrever sobre estes dois temas, mas nunca o faça com proficiência. E,... Continue Reading →

Sobre a democracia

Existe, na tagarelice corrente do dia-à-dia, uma narrativa de que os ditos regimes totalitários - sejam estes de esquerda ou direita - impõem-se, apoderam-se do poder, usurpando a democracia, essa semi-deusa ateniense defeituosa, mas diligentemente venerada. Por outras palavras, esses regimes “extremos” são definidos por oposição à democracia e exteriores à mesma. Apesar de existirem... Continue Reading →

WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: